Info Comerciário 193/2019

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Aumento Aposentadorias: Sim - Fim do Fator Previdenciário: Não

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu à equipe econômica para refazer as contas sobre a arrecadação porque não está disposto a vetar o reajuste de 7,72% para os 8,3 milhões de aposentados que ganham acima de um salário mínimo. Lula já decidiu barrar a emenda que extingue o fator previdenciário, mas não quer arcar com o ônus político de um veto duplo no fim de seu mandato e num ano eleitoral.

Comerciários pedem sanção presidencial para o fim do Fator Previdenciário

Luiz Carlos Motta
Documento que solicita ao presidente Lula que sancione o reajuste de 7,71% para os aposentados e o fim do fator previdenciário, aprovado por cerca de 700 delegados comerciários de todo o Brasil, presentes no 3º Congresso da Confederação foi entregue ao Ministro Luiz Dulci, chefe da Secretaria-geral da Presidência da República.

A delegação foi liderada pelo presidente em exercício da CNTC, Levi Fernandes Pinto e composta por Luiz Carlos Motta, presidente da Federação dos Comerciários de São Paulo; Guiomar Vidor, da Federação do Rio Grande do Sul; José Francisco Pereira, da Federação do Pará; Idelmar da Mota Lima, da Federação de Mato Grosso do Sul; e Márcio Luiz Fatel, da Federação da Bahia.

Motta destacou: “Justiça social se faz com geração de emprego e distribuição de renda. Por isso, pedimos ao presidente que sancione o reajuste dos aposentados dando mais uma vez uma demonstração de seu compromisso com a dignidade do povo brasileiro”.

Segundo o presidente da Federação de São Paulo, o ministro foi receptivo e informou que o gabinete da presidência determinou a realização de um estudo sobre a viabilidade do reajuste e do fim do fator. Motta destaca que Dulci prometeu ainda apoiar o projeto que regulamenta a profissão.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...