.

.

Info Comerciário 195/2019

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Porque vamos parar!


Equipe Sincomerciários BS participa de Intercâmbio de Entidades Sindicais Comerciárias


Fonte: Fecomerciários
O presidente Luiz Carlos Motta, da Fecomerciários, abriu oficialmente na manhã desta quinta-feira, 28 de maio, o ciclo de palestras do II Intercâmbio das Entidades Sindicais Comerciárias, voltado para qualificação dos dirigentes e funcionários da Federação e dos Sindicatos Filiados por meio da integração e relações humanas.

O evento, que acontece desde ontem no Centro de Lazer da Federação em Praia Grande, com uma série de atividades, reúne 500 participantes de 67 entidades sindicais. O tema deste ano é “Qual é o seu norte?”.

O presidente Motta lembrou durante a abertura que os empregados e as empregadas das entidades sindicais comerciárias são fundamentais para o avanço do sindicalismo comerciário do Estado de São Paulo, uma vez que o primeiro contato da categoria ao chegar ao Sindicato é feito através dos funcionários que são o elo mais importante dos comerciários com a diretoria do Sindicato e por isso investir no aprimoramento dos seus conhecimentos é fundamental.

Participando do evento, o presidente Biloti considerou que os funcionários dos sindicatos são mais que empregados, são parceiros, são aliados que representam os dirigentes; desse modo nada mais sensato do que investir na capacitação dessa mão de obra especializada na área sindical.

Painéis
O auditório do Centro de Lazer, onde aconteceu o intercâmbio, foi transformado em aeroporto, uma vez que, como se viu na palestra do comandante Lombardi, as entidades sindicais foram consideradas como aeronaves e seus empregados e empregadas, os tripulantes.

Os três painéis motivaram a atenta plenária. Foram três os palestrantes: Luiz Cabral (“Gerações diferentes, objetivos em comum”), Silmar Strubbe (“Seja um agente multiplicador”) e Comandante Lombardi (“Plano de voo para atingir a excelência profissional”).

A santista Fabiana Munhoz, conquista 2º lugar no Concurso de Poesia da Fecomerciários


A Federação dos Comerciários do Estado de São Paulo realizou na noite de 27 de maio, cerimônia de entrega de prêmios aos ganhadores do 2º Festival de Poesia da Fecomerciários, no Centro de Lazer dos Comerciários em Praia Grande, Baixada Santista.

Neste segundo festival foram inscritas 54 poesias, escritas por comerciários das bases de 22 sindicatos. O tema foi “Cidadania”.

Premiação
1º lugar: “Vida Fadigada” – Andréia Cristina Siqueira (Jales). Prêmio: R$ 3.000,00

2º lugar: “A Semente da Democracia” – Fabiana Munhoz dos Santos Carito (Santos). Prêmio: R$ 2.000,00

3º lugar: “Libertemo-nos!” – Adryana Carvalho Santos (Bauru). Prêmio: R$ 1.000,00

Menções honrosas (por ordem alfabética de autor)
- Andréa Regina de Alcântara (Cândido Mota – Sindicato de Assis)
- Eliane de Araújo Pereira (São Paulo)
- Josmar da Paixão (Bauru)
- Marcílio José Marton (Lorena)
- Marina Yumi Uratsouka (Jaú)
- Moniele Cistina Spinosa (Novo Horizonte – Sindicato de Catanduva)
- Tiago Henrique da Silva Reis (Bragança Paulista)

A poetisa Fabiana já havia faturado o 3º lugar no 1º Festival de Poesia em 2013. O presidente Biloti externou sua grande alegria pela premiação de uma comerciária da região da BS pela segunda vez, acreditando que a cada temporada o festival deverá reunir maior número de participantes, revelando novos talentos, tornando a disputa mais acirrada e consolidando o concurso na grade de eventos da Federação.

Luiz Carlos Motta, presidente da Fecomerciários, comemorou a participação dos comerciários, incentivados pelos Sindicatos de todo o Estado e se mostrou otimista para as próximas edições.

Reforma Política em andamento no Congresso


Fonte: Agência Câmara
Fim da Reeleição
O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (27) artigo da reforma política (PEC 182/07) que acaba com a reeleição nos cargos executivos (presidente da República, governadores e prefeitos). A medida foi aprovada com o apoio majoritário das bancadas: 452 votos a favor, 19 contra e 1 abstenção.

O texto aprovado é o do relatório do deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), que prevê uma transição. O fim da reeleição não se aplicará aos governadores eleitos em 2014 e aos prefeitos eleitos em 2012, nem a quem os suceder ou substituir nos seis meses anteriores ao pleito subsequente, exceto se já tiverem exercido os mesmos cargos no período anterior.

Distritão Rejeitado
O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou nesta terça-feira o principal ponto da reforma política (PEC 182/07) proposto pelo deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ): o chamado “distritão”, modelo em que os deputados e vereadores seriam eleitos apenas de acordo com a quantidade de votos recebidos, no sistema majoritário. A Câmara manteve o modelo atual, com sistema proporcional, que leva em conta os votos recebidos individualmente pelos candidatos de um partido e os recebidos pela legenda. Esses votos são usados para um cálculo de quantas vagas cada partido consegue preencher.

Financiamento de Campanha
O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, por 330 votos a 141 e 1 abstenção, o financiamento privado de campanhas com doações de pessoas físicas e jurídicas para os partidos políticos e com doações de pessoas físicas para candidatos.  Pela emenda, o sistema permanece misto – com dinheiro público do Fundo Partidário e do horário eleitoral gratuito – e privado, com doações de pessoas e empresas. 

Ao colocar na Constituição a permissão para doação de empresas a partidos, a intenção dos deputados é impedir que esse modelo de financiamento seja colocado na ilegalidade pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Trabalhadores rumam para a greve geral em defesa de seus direitos!

O presidente Biloti, coordenador regional da UGT BS e diretores do Sincomerciários BS participaram da reunião preparatória para o Dia Nacional de Paralisação e Manifestações, rumo à greve geral, que aconteça em 29/05/2015.

Com um esquema de paralisações já definido, os sindicalistas, as centrais sindicais estão dispostas a paralisar diversas atividades na Baixada Santista. As definições foram acertadas em plenária sindical, realizada na terça feira, no Sindicato dos Bancários de Santos, quando os representantes das centrais projetaram as greves relâmpagos que pretendem realizar. Tudo terá início com o fechamento de estradas na entrada de Santos e na divisa entre Santos e São Vicente, impedindo o acesso da população em geral. Isto vai ocorrer logo cedo, por volta das 7 horas.

Os sindicalistas que representam as centrais sindicais, União Geral de Trabalhadores (UGT), Força Sindical, Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), Intersindical, Central da Classe Trabalhadora, CUT, CTB, CSP e ASS, que são representadas pelos sindicatos dos comerciários, bancários, químicos, rodoviários, frentistas, montagem, servidores público, petroleiros e aposentados dizem que estão mobilizados Eles querem fazer valer o direito sindical de manifestações e protestos em torno da pauta contra os trabalhadores promovida por parlamentares e também contra as MPs propostas pelo Governo Federal.
Fonte: Diário do Litoral

Desempregado terá de comprovar mais tempo de trabalho para pedir seguro-desemprego

Fonte: Agência Senado
As mudanças previstas no Projeto de Lei de Conversão 3/2015, decorrente da Medida Provisória 665/2014, afetam principalmente o seguro-desemprego. Criado pela Lei 7.998/1990, com intuito de oferecer assistência financeira temporária ao trabalhador que perdeu o emprego sem justa causa, o benefício é pago por um período máximo variável de três a cinco meses, de forma contínua ou alternada, por intervalo de tempo trabalhado. Seu valor é calculado a partir do salário médio recebido pelo trabalhador nos últimos três meses anteriores à dispensa, em três faixas salariais distintas.

As alterações aprovadas no Congresso obrigam o desempregado a comprovar mais tempo de trabalho para ter direito ao benefício. A lei anterior exigia apenas seis meses consecutivos empregados por pessoa jurídica ou pessoa física a ela equiparada para se poder pedir o seguro-desemprego pela primeira vez. Agora, o seguro só poderá ser solicitado inicialmente após 12 meses de trabalho. Pela segunda vez, a partir de nove meses, e pela terceira vez, com seis meses de trabalho.


Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...