.

.

Info Comerciário 195/2019

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Reunião de trabalho discute plano de saúde dos empregados do Carrefour

Dr Humberto, Douglas de Souza Soares, Motta e Biloti

Na última sexta-feira (10/5), o presidente MOTTA, da Fecomerciários e o diretor de Relações Trabalhistas e presidente do Sincomerciários de Santos, Arnaldo Azevedo Biloti, se reuniram com o representante da empresa Carrefour, Douglas de Souza Soares, diretor de RH, na sede da Federação. A reunião deu-se pelo fato de o Carrefour ter circulado um informativo em suas lojas, comunicando os funcionários sobre mudanças na cobrança dos planos de saúde oferecidos pela empresa.

A Fecomerciários foi notificada e interferiu em favor dos trabalhadores, começando assim uma conversa para manter os planos de saúde sem alterações. “As negociações estão em andamento, ainda temos algumas etapas para resolver este assunto”, disse o presidente MOTTA. 

Biloti, que está à frente das conversas representando a Federação foi enfático ao falar sobre o assunto: “Será realizado um assembleia após as negociações para resolver essas cobranças nos planos de saúde que a empresa Carrefour está querendo impor aos trabalhadores”.

Coop assina PLR dos empregados com a Fecomerciários

Valdecir, Ângelo Marchetti, Motta, Biloti e  Márcia

O presidente MOTTA, da Fecomerciários, os presidentes dos Sincomerciários de Santos, Arnaldo Azevedo Biloti, de Presidente Prudente, Valdecir Alves e a assessora da Federação, Márcia Oliveira, se reuniram com o diretor de RH da COOP (Cooperativa de Consumo), Ângelo Marchetti, dia 10/5, para assinatura de acordo de PLR (Participação nos Lucros ou Resultados).

A COOP fará o pagamento do benefício referente ao ano de 2013 na primeira quinzena de fevereiro de 2014. Os seis mil empregados abrangidos pelo acordo poderão receber até 1,5 salário nominal de PLR.

Desaposentadoria recebe emenda e retorna à comissão

Recurso interposto contra a decisão terminativa da Comissão de Assuntos Sociais em relação ao PLS 91/10 faz com que o projeto retorne ao exame do colegiado para análise de emenda apresentada ao texto na última quinta-feira (9).

O projeto, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS), que tem por finalidade permitir ao segurado do Regime Geral de Previdência Social, a cargo do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), a renúncia do benefício da aposentadoria por tempo de contribuição, especial e por idade, bem como possibilitar-lhe nova aposentadoria com fundamento em nova contagem de tempo de contribuição. Trata-se da desaposentadoria ou desaposentação.

A modificação no texto é uma emenda redação do senador Paulo Paim para corrigir um erro, segundo a justificativa do autor da proposta.

Paim propõe inserir no parágrafo 1º do artigo 18-A do substitutivo do relator, senador Paulo Davim (PV-RN), o termo “anterior” para deixar clara a intenção do legislador, que é permitir novo benefício com base na “contagem do tempo de contribuição anterior e posterior à renúncia” do antigo benefício.
Ag. Diap
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...