.

.

Info Comerciário 194/2019

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Amanhã é dia de escolher a Miss Comerciária BS!


Dia 24/10 aconteceu o último ensaio para o Concurso Miss Comerciária BS. Amanhã, 26/10, a escolha da Miss será realizada a partir das 20h no Centro Espanhol, em Santos. Boa sorte às participantes!

Certificado de Reconhecimento


Biloti recebe, na Assembleia Legislativa do Estado, certificado de reconhecimento por dedicação e excelência em sua gestão como presidente do Sincomerciários de Santos.

Assembleia homenageia Federação pelo Dia do Comerciário

Em comemoração ao 30 de Outubro, Dia do Comerciário, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo foi palco nesta segunda-feira, 24, de uma concorrida sessão solene em homenagem à Fecomerciários, ao presidente Luiz Carlos Motta e aos 69 Sindicatos Filiados, representados por seus presidentes. A TV Assembleia transmitiu a sessão ao vivo. A mesma será reapresentada no sábado, dia 29, às 21 horas.

A galeria da Assembleia foi tomada por comerciários. A mesa solene, ocupada pelo presidente Motta e o deputado estadual Ricardo Madalena (PR), autor da propositura da homenagem. Os dirigentes dos Sindicatos foram acomodados em mesas devidamente personalizadas com “Certificados de Reconhecimento” com seus nomes e dos sindicatos que presidem.

Além o autor da homenagem, mais dois deputados estaduais foram prestigiar a maior categoria de trabalhadores do País: Ed Thomas e Leci Brandão. Presentes também o vice-presidente da FecomercioSP, Ivo Dall’Acqua, representando o presidente Abram Szajman; Octavio Valejjo, superintendente do Sincodiv (sindicato das concessionárias de veículos); executivos Edson Santos, da Riachuelo, e Marcos Tassu, do Atacadão; os advogados de sindicatos patronais Antonio Farah e Tereza Amano; amigos  e familiares do deputado Ricardo Madalena, entre eles, sua esposa Cláudia e seu filho Lucas.

Governo e centrais sindicais discordam sobre dados da Previdência

Fonte: Folha de S.Paulo
s discordâncias sobre a reforma da Previdência vão além do provável aumento da idade para aposentadoria, como o governo quer estabelecer, e opões críticos e defensores das mudanças até na leitura dos dados do setor.

As centrais sindicais defendem a ideia de que a Previdência não é deficitária, o que reduziria a urgência da reforma. Do outro lado, o governo e economistas consideram a leitura equivocada e apresentam, na defesa por mudanças, saldos negativos crescentes.

O número mais difundido sobre a insolvência do sistema previdenciário é um deficit no Regime Geral de Previdência Social (que inclui trabalhadores da iniciativa privada urbana e rural) que, segundo dados oficiais, superou R$ 85 bilhões em 2015.

Opositores da reforma sustentam, porém, que o financiamento dos benefícios, previsto na Constituição, é garantido por contribuições que são desviadas para o pagamento de outras despesas, provocando saldo negativo nas contas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...