Info Comerciário 194/2019

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Mais um benefício via comodato!


Dia 04/04, mais um atendimento ao setor de benefícios sociais foi realizado. Desta vez o diretor João Ilário entregou uma cadeira de banho, via comodato, ao associado André Fabiano Flávio. O Sincomerciários Baixada Santista conta com diversos benefícios, venha se associar.

Juntos somos mais fortes!

Abril Verde em Santos visa conscientizar sobre acidentes do trabalho


Conscientizar e prevenir acidentes de trabalho e doenças ocupacionais, abordando assuntos como segurança, saúde mental, primeiros socorros, álcool e drogas. É a Campanha Abril Verde, lançada pela Prefeitura nesta segunda-feira (8), no Paço Municipal, integrando a Campanha Nacional de Prevenção e Acidentes do Trabalho. A iniciativa consiste em palestras, debates e apresentações musicais, que estarão concentrados na 15ª Semana Interna de Prevenção de Acidente (Sipat), a ser realizada entre os dias 22 e 26. Nossos diretores Washington Vicente e Monaise Fadel participaram do evento, no Paço Municipal de Santos.

O destaque da programação será o 5º Seminário sobre Segurança e Saúde do Trabalhador, que ocorrerá dia 25, sob o tema 'Gestão de Riscos Ocupacionais – o Brasil contra acidentes e doenças do trabalho'. O evento terá apoio da Fundacentro Baixada Santista, instituição ligada ao Ministério da Economia e voltada ao estudo e à pesquisa das condições dos ambientes de trabalho.

Para chamar a atenção, durante todo o mês, alguns prédios e espaços públicos também serão iluminados na cor verde, como o Palácio José Bonifácio (sede da Prefeitura), as praças José Bonifácio (Centro) e das Bandeiras (Gonzaga) e trecho da Avenida Ana Costa.

Centrais lançam abaixo-assinado contra reforma da Previdência


Em mais uma ofensiva do movimento sindical contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC 06/2019), que trata da reforma da Previdência e tramita na Câmara dos Deputados, as centrais sindicais lançaram um abaixo-assinado contra a proposta do governo de Jair Bolsonaro. 

 No documento, que deve ser entregue ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), após o 1º de maio unificado, as entidades sindicais apontam que esta reforma dificultará o acesso à aposentadoria, além de aumentar o tempo de contribuição, diminuir os valores dos benefícios e ameaçar a Seguridade Social. O projeto também não combate a sonegação das empresas devedoras e incentiva a previdência privada. As listas ficarão disponíveis, e os sindicatos devem repassar para assinatura dos trabalhadores de suas bases. 

Cartilha contra a reforma da Previdência:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...