.

.

Info Comerciário 195/2019

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Diretoria da Fecomerciários discute interesses da categoria


O presidente Biloti, diretor de Assuntos do Trabalho da Fecomerciários, participou da reunião mensal da diretoria da Federação, dia 26/2 em Catanduva. Em pauta, assuntos de interesse da categoria comerciária no Estado de São Paulo e apresentação da maquete da nova sede do Sincomerciários da cidade.

Participaram da reunião o presidente da Federação, Luiz Carlos Motta; o secretário adjunto estadual do Emprego e Relações de Trabalho, Aparecido Bruzarosco; o anfitrião José Carlos Longo, presidente do Sincomerciários de Catanduva, além de todos os diretores da entidade e do prefeito da cidade, Geraldo Vinholi.

Nova sede social
Na ocasião, a maquete da nova sede social do Sincomerciários de Catanduva foi apresentada aos diretores da Federação e à imprensa. O presidente Luiz Carlos Motta destacou a importância de se investir em uma nova sede. “É imprescindível ter uma boa sede, um lugar que os comerciários frequentem e se sintam em casa”. 

Já Biloti destacou: "Sem dúvida, a nova sede que será entregue aos comerciários da região de Catanduva vai atingir o objetivo de atender com excelência aos trabalhadores, aproximando ainda mais a entidade e a categoria!

O projeto da nova sede propõe novidades como refeitório para os comerciários, com capacidade para 40 pessoas, com todos os equipamentos para que o comerciário possa fazer suas refeições. O prédio terá total acessibilidade, locadora e academia mais amplas, consultório dentário remodelado, quadra esportiva adequada e com saída de emergência, salão de manicure, auditório para 40 pessoas e maior número de salas para atendimento aos comerciários.

“Vergonha nacional, indefensável e inexplicável”

Agência Brasil - Ivan Richard
Edição: Talita Cavalcante
Os líderes partidários da Câmara dos Deputados decidiram hoje (26) que a proposta de acabar com os chamados décimo quarto e décimo quinto salários parlamentares será votada amanhã (27) no plenário da Casa. O projeto de decreto legislativo já foi aprovado pelo Senado, mas espera votação pelos deputados desde setembro do ano passado.

“O Senado já tinha aprovado e a proposta recebeu parecer da comissão especial da Câmara em setembro passado. Todos os líderes assinaram o requerimento de urgência que será votado amanhã. Essa não é uma decisão do presidente, mas de todos os líderes para o bem da Casa, do Parlamento e do país”, disse o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...