Info Comerciário 194/2019

terça-feira, 4 de outubro de 2016

A cada 10 prefeitos eleitos no 1º turno, apenas 1 é mulher

Fonte: G1
Dos 5.506 candidatos que foram eleitos prefeitos no primeiro turno das eleições de 2016, apenas 637 são mulheres, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Isso significa que, a cada 10 prefeitos eleitos, apenas 1 é mulher.
  
Apesar de maiores reivindicações da população e de campanhas para melhorar a representatividade feminina na política, a proporção é praticamente a mesma que a encontrada no primeiro turno das eleições de 2012. Há quatro anos, as mulheres conquistaram 664 prefeituras, representando 12,03% do total de prefeitos eleitos. Neste ano, o percentual é de 11,6%.

Mil congressistas comerciários vão debater emprego, renda e direitos em Mogi das Cruzes

De 5 a 7 de outubro, a Federação dos Comerciários do Estado de São Paulo vai realizar, em Mogi das Cruzes, o 25º Congresso Sindical Comerciário do Estado de São Paulo. São 25 anos consecutivos do evento e, esperados, cerca de mil congressistas. Ao lado de renomados palestrantes eles discutirão o tema “Unidos por Emprego, Salário e Direitos”. O Congresso será aberto às 19 horas do dia 5, no Resort Paradise (Rodovia Engenheiro Cândido do Rêgo Chaves, 4500 - Jundiapeba, Mogi das Cruzes – SP).

Segundo o presidente da Fecomerciários, Luiz Carlos Motta, do tema central serão constituídas diretrizes que vão nortear a ação unitária dos 69 Sindicatos Filiados à Federação. Juntos, eles representam 2,7 milhões de comerciários no Estado. “Nosso objetivo é fazer um congresso que reafirme a posição da nossa categoria manifestada no documento ‘Comerciários Contra a Crise’. Ou seja, a defesa da Constituição, da CLT, do emprego, da renda e combate à retirada de direitos em função do ajuste fiscal. Retirada de direito não gera crescimento”.

Conforme o líder sindical comerciário, a luta contra o arrocho salarial já começa a avançar porque a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria foi assinada dentro do mês da data-base, 1º de setembro, com ganhos econômicos e sociais. “Faremos o 25º Congresso com a CCT assinada. Conquistamos reajuste de 9,62% (INPC). Neste ambiente de crise evitamos atrasos e recompusemos o poder de compra da categoria”.

Veja o programa:

Número de empresas criadas é o maior em seis anos

Fonte: Ag. Brasil
O número de empresas criadas no país entre janeiro e julho deste ano foi de 1.199.373, o maior para o período desde 2010, segundo indicador da empresa de consultoria Serasa Experian. O número é 1,8% superior aos sete primeiros meses de 2015. Em julho, foram criadas 178.633 novas empresas, 4,7% menos que o apurado em julho de 2015.

De acordo com os economistas da Serasa, o aumento de novas empresas pode ser explicado pelo empreendedorismo de necessidade, ou seja, pela escassez de vagas no mercado formal de trabalho. O processo menos burocratizado de formalização de pequenos negócios também colaborou para a elevação.

Entre os tipos de empresas, os microempreendedores individuais nos sete primeiros meses deste ano somaram 953.060, contra 888.837 no mesmo período de 2015, alta de 7,2%. As sociedades limitadas registraram a criação de 103.433 unidades, queda de 13,5% em relação ao intervalo anterior. A criação de empresas individuais caiu 30,2%, a maior queda entre as naturezas jurídicas, com um total de 75.451 novos negócios entre janeiro e julho de 2016.

O setor de serviços continua sendo o mais procurado por quem quer empreender - de janeiro a julho surgiram 755.011 novas empresas neste segmento, o equivalente a 63% do total. Foram criadas 341.683 empresas comerciais (28,5% do total) e, no setor industrial, foram abertas 99.444 empresas (8,3% do total).

Entre as regiões, o Sudeste lidera o ranking de criação de empresas, com 615.490 novos negócios abertos entre janeiro e julho de 2016, ou 51,3% do total. O Nordeste ocupou o segundo lugar, com 16,7% (200.389 empresas). A Região Sul segue em terceiro, com 16,6% de participação e 198.622 novas empresas. O Centro-Oeste registrou a abertura de 105.397 empresas e foi responsável por 8,8% de participação, seguido pelo Norte, com 58.417 novas empresas ou 4,9% do total de empreendimentos inaugurados.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...