Info Comerciário 195/2019

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Governo estuda flexibilizar CLT, sindicalistas criticam


Sindicalistas veem com ceticismo a possibilidade de o governo flexibilizar as leis trabalhistas brasileiras, em vigor desde 1969. O governo analisa um projeto inspirado no modelo alemão, pelo qual empregados e patrões poderiam fechar acordos com normas diferentes das da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
Um grupo formado por representantes de centrais sindicais e do Planalto já partiu rumo à Alemanha para estudar os arranjos feitos por lá. A grande questão, segundo os sindicalistas, é que o padrão estudado pelo governo pode se encaixar para o setor automotivo, mas não é viável para o restante dos trabalhadores do país.

Começa negociação coletiva dos Empregados em Concessionárias de Veículos


A primeira rodada de negociação entre os representantes dos comerciários em concessionárias de veículos e a classe patronal aconteceu na quinta (20/9), na Capital paulista. Luiz Carlos Motta, presidente da Fecomerciários, acompanhado de dirigentes sindicais comerciários que pertencem às oito Regionais da Federação distribuídas no Estado, conduziu o encontro ao lado do presidente do Sindicato patronal (Sincodiv), Octavio Vallejo.

Na reunião foram expostos números acerca de vendas, lucros e do mercado automotivo, o que gerou contraposição de dados. “Respeitamos as exposições apresentadas pelos patrões; mas exigimos o mesmo em relação aos nossos levantamentos do mercado que, o nosso ver, está muito propício para conquistarmos aumento real, reajuste digno e avanço nas cláusulas sociais, como convênio médico e fornecimento de cestas básicas”, salientou Motta.

O presidente Vallejo, por suas vez, defensor dos dados apresentados, solicitou: ”Vamos investir no diálogo e no bom senso para assinarmos, o quanto antes, esta Convenção Coletiva de Trabalho”.
Fonte e foto Fecomerciários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...