.

.

Info Comerciário 195/2019

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Lembrar já é uma forma de luta!

Foto: CC BY-NC-ND 2.0 / Flickr - Meanest Indian

Atualize a caderneta de vacinação

Hoje é celebrado o Dia Nacional de Vacinação. As ações de vacinação são coordenadas pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde e têm o objetivo de erradicar, eliminar e controlar as doenças imunopreveníveis no território brasileiro.

A vacinação é a maneira mais eficaz de se evitar diversas doenças imunopreveníveis, como varíola (erradicada), poliomielite (paralisia infantil), sarampo, tuberculose, rubéola, gripe, hepatite B e febre amarela, entre outras. Atualmente, a cobertura vacinal no Brasil imuniza não apenas crianças, mas também oferece vacinação para adolescentes, adultos, idosos, povos indígenas e populações com necessidades especiais.

Aproveite a oportunidade, procure o posto de saúde mais próximo e atualize a caderneta de vacinação.

Depois do trampo, uma jornada Extra!

17/10/2013 - Expresso Popular/Rogério Stonoga

Em confronto acirrado, time da Quick Point sapeca 10 a 5 na equipe do Extra Humaitá.

Um duelo com 15 gols e um a atuação brilhante de quem entende tudo de esportes. A etapa de ontem pela Copa de Futsal dos Comerciários foi marcada por um jogão entre os times da Quik Point e do Extra Humaitá São Vicente. No final do duelo, a equipe do Quik venceu por 10 a 5.

A goleada da loja esportiva contou com seis gols de Daniel Silva, o destaque da partida. Os demais tentos foram marcados por Jilvan Junior (2), Leandro Ferreira e Jocimario Batista. O time vicentino marcou com Anderson Lima (3), Wanderson Thiago e Klismann Nunes.

Mais Gols
No outro confronto da noite, a Casa Coelho Tintas encarou a Auto Peças Ideal. Com excelente futebol e determinação, a equipe não perdoou e sapecou uma goleada por 11 a 3, com gols de Guilherme Tadeu (3), Nicanor Jorge (3), Leandro Andrade (2), Leandro Neto, Osmar Leandro e Luis Felipe. Gabriel Santos (2) e Rendrick Santos diminuíram para a Auto Peças Ideal. Os jogos de ontem foram apitados pelo árbitro Willian de Paula Soares, auxiliados pela anotadora Clicia Aguiar.

Na etapa de terça-feira, o time da Casas Bahia Cubatão bateu a Kallan São Vicente, por 7 a 3. A equipe vencedora marcou com Eduardo Augusto (3), Rodrigo Robson (2), Diego Romay e Kleber Geraldo. A Kallan diminuiu com Jose Luis, Nathan Giraldo e Matheus Barbosa.

No segundo duelo, a Casas Bahia São Vicente venceu o Bazar Estrela, por 6 a 4, com gols de Aires Jonatas (2), Julio Cezar (2), Wendel e Luiz Carlos. Alex Rodrigues (2), Marcelo Xavier e Cauã Chagas marcaram para o Bazar Estrela.

Amanhã a Copa dos Comerciários terá mais dois confrontos. A partir das 20 horas, na quadra do Ginásio dos Comerciários, jogam Kallan São Vicente x Extra Humaitá e Auto Peças Ideal x Bazar Estrela.


Promovida pelo Sindicato dos Comerciários de Santos a Copa de Futsal dos Comerciários neste ano faz homenagem ao ex-diretor do Sindicato Celiomar Vieira Lopes.

22º Congresso: palestras mexem com o público!


Dia 16/10, durante o 22º Congresso Sindical Comerciário do Estado de São Paulo, os sindicalistas Lourival Figueiredo, diretor secretário da CNTC e presidente da FEAAC, e Ricardo Patah, presidente da UGT e do Sincomerciários de São Paulo, apresentaram três prorrogativas em comum na palestra “Ajustes necessários à Regulamentação da Profissão de Comerciário”. São elas: 1) unificação da data base da categoria em todo o Brasil; 2) piso salarial unificado; 3) discutir a redução da jornada e a humanização do trabalho dos comerciários, especialmente aos domingos e feriados.

Terceirização
Outra palestra que chamou a atenção da enorme plateia foi “Terceirização ampliada (PL 4.330): riscos e prejuízos”, ministrada por Antônio Augusto Queiroz, consultor do Diap. Queiroz disse que por pressão das Centrais Sindicais, que encabeçam a luta contra a aprovação do projeto, provavelmente ele só será votado no Congresso despois das eleições.

Queiroz mostrou que o PL 4.330 precariza as relações do trabalho, reduz o emprego e prejudica brutalmente os trabalhadores, já que terceiriza as atividades-fim e meio e deixa os empregados desamparados se a empresa contratada não cumprir com suas obrigações legais.

Sindicalismo e Política

O ex-prefeito de Osasco, Emídio Souza, falou sobre “Sindicalismo e a Política Nacional”. Inicialmente, Emídio destacou as realizações dos governos Lula e Dilma. Sobre a questão política, o palestrante abordou a “migração” de dirigentes sindicais a cargos eletivos. De modo enfático, o ex-prefeito sublinhou como “coisa do passado” a afirmação de que Sindicato e política não se misturam. Emídio questionou: “Como defender os interesses dos trabalhadores na Câmara Federal onde dos 513 deputados, menos de cem tem origem sindical?”. Ao finalizar, Emídio afirmou: “Toda caminhada tem o primeiro passo. Este 22º Congresso já esta contribuindo para a formação política dos seus participantes. Multipliquem o aprendizado adquirido e promovam, constantemente, discussões sobre participação política em suas bases”.

O presidente Biloti, que está participando do Congresso, ao final das palestras, lembrou a importância do movimento sindical na luta pela democratização do país e enfatizou a necessidade da concretização de uma democracia participativa, na qual os trabalhadores tenham voz através de uma representação forte.
Fonte: Fecomeciários

Plano de saúde individual fica 71% mais caro

Quem procura contratar um plano de saúde individual tem dificuldade de achar opções no mercado e, quando as encontra, tem de amargar mensalidades até 71% mais altas do que as prestações dos contratos coletivos. A maioria das operadoras não trabalha mais com os planos único do cliente e agora vende basicamente as modalidades empresariais e coletivas.

Na capital, por exemplo, o consumidor tem na prática duas empresas que oferecem planos individuais, a Unimed Paulistana e a Prevent Senior, voltada para a população com idade superior a 59 anos. Se um cliente de 35 anos optar por um contrato individual na Unimed, vai pagar valores que podem ficar até 71% acima da custo de um plano coletivo.

Todo trabalhador deve saber sobre "onde trabalha"...

Fonte: TRT10

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...