Info Comerciário 195/2019

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

22º Congresso: palestras mexem com o público!


Dia 16/10, durante o 22º Congresso Sindical Comerciário do Estado de São Paulo, os sindicalistas Lourival Figueiredo, diretor secretário da CNTC e presidente da FEAAC, e Ricardo Patah, presidente da UGT e do Sincomerciários de São Paulo, apresentaram três prorrogativas em comum na palestra “Ajustes necessários à Regulamentação da Profissão de Comerciário”. São elas: 1) unificação da data base da categoria em todo o Brasil; 2) piso salarial unificado; 3) discutir a redução da jornada e a humanização do trabalho dos comerciários, especialmente aos domingos e feriados.

Terceirização
Outra palestra que chamou a atenção da enorme plateia foi “Terceirização ampliada (PL 4.330): riscos e prejuízos”, ministrada por Antônio Augusto Queiroz, consultor do Diap. Queiroz disse que por pressão das Centrais Sindicais, que encabeçam a luta contra a aprovação do projeto, provavelmente ele só será votado no Congresso despois das eleições.

Queiroz mostrou que o PL 4.330 precariza as relações do trabalho, reduz o emprego e prejudica brutalmente os trabalhadores, já que terceiriza as atividades-fim e meio e deixa os empregados desamparados se a empresa contratada não cumprir com suas obrigações legais.

Sindicalismo e Política

O ex-prefeito de Osasco, Emídio Souza, falou sobre “Sindicalismo e a Política Nacional”. Inicialmente, Emídio destacou as realizações dos governos Lula e Dilma. Sobre a questão política, o palestrante abordou a “migração” de dirigentes sindicais a cargos eletivos. De modo enfático, o ex-prefeito sublinhou como “coisa do passado” a afirmação de que Sindicato e política não se misturam. Emídio questionou: “Como defender os interesses dos trabalhadores na Câmara Federal onde dos 513 deputados, menos de cem tem origem sindical?”. Ao finalizar, Emídio afirmou: “Toda caminhada tem o primeiro passo. Este 22º Congresso já esta contribuindo para a formação política dos seus participantes. Multipliquem o aprendizado adquirido e promovam, constantemente, discussões sobre participação política em suas bases”.

O presidente Biloti, que está participando do Congresso, ao final das palestras, lembrou a importância do movimento sindical na luta pela democratização do país e enfatizou a necessidade da concretização de uma democracia participativa, na qual os trabalhadores tenham voz através de uma representação forte.
Fonte: Fecomeciários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...