Info Comerciário 194/2019

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

9ª FESTA COMERCIÁRIA foi alegria só!

Biloti,  Sérgio Aquino (Secretário de Assuntos Portuários de Santos), Luiz Carlos e Paulo Alexandre Barbosa (Deputado Estadual)

Foi um show de alegria a Festa Comerciária realizada dia 30/10 na Associação dos Portuários de Santos. Cerca de 2.200 associados e dependentes participaram da comemoração do Dia do Comerciário e do 88º aniversário do Sindicato dos Empregados no Comércio de Santos e Região. O almoço musical, com sorteio de vários prêmios, confraternizou comerciários de várias empresas, das mais variadas idades, companheiros, colegas e amigos que se encontraram e se reencontraram.
Prestigiaram a festa comerciária, entre outros, o secretário municipal de Assuntos Portuários, Sérgio Paulo P. de Aquino; o deputado estadual Paulo Alexandre Barbosa, representando o governador Geraldo Alckmin; o presidente do Sintraport, Robson de Lima Apolinário; o presidente do Sintracomos, Macaé Braz de Oliveira, além de parceiros e amigos.

O presidente do Sincomerciários, Arnaldo Azevedo Biloti, recebeu inúmeras congratulações pelo excelente índice de aumento conquistado pelos comerciários da Baixada na negociação coletiva de trabalho deste ano.

Sempre generosos, os comerciários doaram alimentos não perecíveis que serão distribuídos para entidades de caridade da região. Agradecemos a colaboração!

Galera Comerciária lotou o salão!

Clique e veja a galeria de fotos

KALLAN É PENTACAMPEÃ dos Jogos Comerciários de Futsal da Baixada Santista

Kallan SV - Pentacampeão
O time da Kallan São Vicente venceu pela quinta vez os Jogos Comerciários de Futsal da Baixada Santista. A Costa Sul, ficou com o vice-campeonato.  Casa Coelho ficou com a terceira colocação e Casas Bahia com a quarta.

Parabéns a todas as equipes que fizeram dos jogos uma festa do esporte! Agradecemos ao jornal Expresso Popular, em especial ao jornalista Rogério Stonoga, pela cobertura em cima da hora! Os jogos foram coordenados pelos diretores Roberto Passos e Luiz Carlos Conceição.



Costa Sul - Vice-campeão
Valeu!

Portal Mais Emprego ajuda a recolocar trabalhador

Ao dar entrada no seguro-desemprego, trabalhador estará automaticamente inscrito no processo de intermediação de emprego, podendo ser convocado a participar de processos de seleção e encaminhamento de vagas. É o que oferece o Portal Mais Emprego que já está em funcionamento em todo o País. Nesta semana, foi finalizada a implantação do sistema no estado de São Paulo.

Desenvolvido pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o Portal Mais Emprego integra, num único banco de dados, informações do Sistema Nacional de Emprego (Sine), das superintendências regionais do Trabalho e Emprego (SRTEs), Caixa Econômica Federal (CEF) e entidades de qualificação profissional.

Além de poder se inscrever, por exemplo, para uma vaga de emprego disponível nos postos do Sine, o trabalhador poderá, por meio do Portal, fazer consultas, obter informações sobre seu benefício, elaborar e imprimir o currículo, obter informações sobre abono salarial e acompanhar seu processo de intermediação de mão de obra.

Já o empregador poderá enviar requerimento de seguro-desemprego, disponibilizar vagas, consultar currículos e acompanhar os processos de seleção das vagas disponibilizadas.

Desde que foi implantado, em setembro do ano passado, o Portal atendeu aproximadamente 1,164 milhão de beneficiários. Já ocorreu o encaminhamento de 17.781 habilitados do seguro-desemprego e a colocação de 1.395 trabalhadores.
"O trabalhador poderá ser convocado a participar de processos de seleção e ser encaminhado às vagas que foram ofertadas pelos empregadores ao Sine. Com a implantação do Portal, o trabalhador estará automaticamente inscrito na intermediação de emprego, independente de onde der entrada", explica Rodolfo Torelly, diretor do Departamento de Emprego e Salário do MTE.


Sem recusas
Torelly esclarece que ao requerer seu seguro-desemprego e caso exista vaga compatível com o perfil profissional, o trabalhador será convidado a comparecer no Sine para participar de entrevista e possível encaminhamento a processo de seleção.

"O que não pode é recusar uma oportunidade condizente com o último emprego e salário. Por exemplo, se ao requerer o seguro-desemprego, o trabalhador se recusar, por três vezes, a comparecer a uma vaga condizente com seu perfil, o beneficio será cancelado. A lei do seguro-desemprego é clara: sua finalidade é para assistência e colocação no mercado de trabalho", explica.

"É muito melhor voltar ao trabalho do que ficar no seguro-desemprego. Quem troca o trabalho formal para receber o beneficio é o maior prejudicado. O programa do seguro-desemprego faz parte das políticas ativas, pois visa o retorno do trabalhador no mercado de trabalho via Sine e qualificação profissional. Queremos fortalecer as políticas ativas. Nunca geramos tanto emprego no país", enfatiza Torelly. 
Fonte: MTE/Diap
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...