Info Comerciário 193/2019

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Cliente de lotérica é alvo de ladrões

Ladrões que roubam casas lotéricas e aterrorizam clientes agora também têm seguido suas vítimas logo após elas saírem desses estabelecimentos. Dos 210 ataques contra as lotéricas na capital e Grande São Paulo no ano passado, 71 foram casos de “saidinha”, quando a pessoa é abordada logo após deixar o local.   Os assaltos envolvendo saques em casa lotérica incluem até mesmo o chamado golpe do ‘boa noite Cinderela’.

As lotéricas têm funcionam como uma extensão dos bancos, onde as pessoas fazem saques e pagam contas, o que tem despertado cada vez mais a atenção de bandidos, principalmente porque não existem seguranças armados como nos bancos.

DICAS
- Evite sacar grandes quantias. Caso seja necessário, entre em contato com a agência e informe o estabelecimento com antecedência.
- Evite contar dinheiro em público.
- Não empreste nem ceda seu cartão bancário ou forneça senha.
- Procure sempre sacar dinheiro acompanhado de um parente ou de alguma pessoa de confiança.
- Evite conversar com pessoas estranhas. Isso vale para filas de bancos e lotéricas.
Jornal da Tarde

Vetado aumento do plano de saúde para quem faz 60 anos

Tribunal de SP impede Unimed Santos de reajustar em 106,4% os contratos de segurados apenas por faixa etária O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo reviu uma decisão de primeira instância e proibiu a Unimed de Santos de reajustar o valor das mensalidades dos planos de saúde quando o segurado completa 60 anos de idade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...