.

.

Info Comerciário 195/2019

terça-feira, 8 de maio de 2012

Bola rolando na 5ª Copa Estadual de Futsal Fecomerciários

Time do Sincomerciários da Baixada Santista e o presidente Biloti
Foi um sucesso a abertura da 5ª Copa Estadual de Futsal da Fecomerciários “Troféu Luiz Carlos Motta”, realizada dia 6 de maio, simultaneamente, nas cidades-sedes dos jogos: Taubaté (Grupo A); Sertãozinho (Grupo B); Sorocaba (Grupo C); São Carlos, com jogos em Limeira (Grupo D); Bauru (Grupo E); Dracena (Grupo F); São José do Rio Preto (Grupo G).


Trinta e duas equipes de comerciários disputam o troféu. Os resultados variaram de goleadas a placares apertados. A grande final está prevista para julho, no Ginásio Municipal Falcão, em Praia Grande.

Segundo o diretor de Esportes da Fecomerciários, Paulo Cesar da Silva, os jogos, disputados com muita força, categoria e disciplina, “retrataram já neste primeiro momento tudo o que esperamos dessa competição: solidariedade, união, companheirismo, organização e confraternização”.

Nossa equipe jogou pelo Grupo C, contra a equipe de SP. O presidente Biloti deu o ponta pé inicial da partida que no final marcou  SP 5 x 3 Santos. Nosso próximo jogo será dia 27 de maio contra a equipe de Sorocaba, na cidade de Sorocaba.
Foto Fecomerciários

Entrega de utilitário é destaque no Diário do Litoral

Dois cliques para ler

Cresce o Assédio Sexual no Trabalho


Promessas de vantagens ou ameaças de demissão em troca de favores sexuais. O assédio sexual no ambiente de trabalho já atinge 40% dos profissionais entrevistados na pesquisa da empresa de recrutamento e seleção Trabalhando.com

E os últimos números disponíveis de queixas envolvendo o tema mostram uma alta no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. De janeiro a agosto de 2010, foram registradas 7.442 reclamações. No mesmo período do ano passado, 10.678, uma alta de 43,4%. A Corte abrange a Capital e cidades da Grande São Paulo e Baixada Santista.

Segundo o Ministério do Trabalho, esse tipo de assédio se caracteriza pela abordagem, não desejada pelo outro, com intenção sexual ou insistência inoportuna de alguém em posição privilegiada que usa dessa vantagem para obter favores sexuais de subordinados. O assediador oferece uma vantagem na empresa ou ameaça demitir a vítima, por exemplo

Desde 2001, o assédio sexual é considerado crime no Brasil, com pena de prisão de um a dois anos. Por isso, o juiz pode encaminhar um ofício ao Ministério Público abrir um inquérito para investigação. O caso ainda pode ser comunicado diretamente ao Ministério Público, à Delegacia Regional do Trabalho, Sindicato e Polícia.
Jornal da Tarde
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...