Info Comerciário 195/2019

quarta-feira, 24 de julho de 2013

7º Congresso Força: Ministro afirma que há espaço para avançar na Pauta Trabalhista


Começou na tarde desta quarta-feira (24/7), com a exibição de um vídeo do Dia Nacional de Luta e palavras do presidente Paulinho da Força, o 7º Congresso Nacional da Força Sindical, no Ginásio Falcão, em Praia Grande/SP. Serão três dias de debates, com a presença de cerca de 4 mil dirigentes de todo o País. O tema é "Garantir conquistas, mais empregos, direitos e cidadania".

O vídeo, de 12 minutos, mostrou as manifestações do dia 11 de julho em todo o país, valorizando os atos feitos por todas as categorias de trabalhadores em  defesa da Pauta Trabalhista e de outras reivindicações. Em seguida, Paulinho da Força deu boas vindas aos participantes do 7º Congresso, passando a palavra ao ministro do Trabalho, Manoel Dias.

O ministro, que representou a presidenta Dilma Rousseff, fez valer o resgate da Pauta Trabalhista e do valor da democracia para o crescimento do país, dizendo que é totalmente cabível e aceitável as manifestações de rua, desde que pacíficas. E completou: “Existe espaço, sim, para dialogar e avançar nas reivindicações dos trabalhadores”.

O secretário-chefe da Casa Civil do governo do Estado, Edson Aparecido, representou o governador Geraldo Alckmin no 7º Congresso. Ele desejou sucesso aos organizadores e elogiou o tema escolhido, "Garantir conquistas, mais empregos, direitos e cidadania".

Pauta Trabalhista
Depois de Manoel Dias, falaram os representantes das Centrais Sindicais. Todos enalteceram a unidade das entidades em torno da Pauta Trabalhista, valorizaram o Dia Nacional de Luta e reafirmaram que estão mobilizados para o dia 30 de agosto, “Dia de Paralisação em todo o País”, caso o Congresso Nacional e o governo Dilma não avancem nas negociações sobre a Pauta Trabalhista.

Antes, no dia 6 de agosto, as Centrais Sindicais vão promover atos em frente das sedes das entidades empresarias em todo o País, contra o Projeto 4330, que amplia a terceirização.    

Maior participação do comércio e serviços
MOTTA, tesoureiro da Força, presidente da Fecomerciários e coordenador do Secretariado Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços da Central, disse em seu discurso que o SENTRACOMSERV está pronto, organizado e mobilizado junto à Força para que ela avance nas questões sindicais e trabalhistas. “Os comerciários querem ampliar cada vez mais a participação no planejamento de trabalho unitário da Força. Nosso objetivo é valorizar a organização sindical e fazer crescer nossa representatividade na Central”.
Fonte/Fotos: Fecomerciários

Começa hoje Congresso Nacional da Força Sindical

O Congresso acontece nos dias 24, 25 e 26 de julho. Nestes três dias de trabalhos, cerca de 4 mil dirigentes sindicais de todo o País vão discutir ações, posicionamentos, estratégias e formas de lutas para garantir e ampliar direitos, gerar empregos e promover a cidadania. O tema escolhido é: “Garantir conquistas, mais empregos, direitos e cidadania”. O Congresso também elegerá a nova diretoria da Central para os próximos quatro anos.

O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, ressalta a importância do Congresso para a troca de informações, a aprovação das resoluções e para o fortalecimento da Central. “As resoluções, que deverão ser aprovadas, irão nortear nossa luta nos próximos anos. Somos uma Central de luta, que aponta caminhos para o desenvolvimento e não se nega a negociar, como ocorre nas grandes democracias”, afirma.

Caixa inicia pagamento do PIS aos trabalhadores

A Caixa Econômica Federal iniciou nesta terça-feira (23) o pagamento do PIS (Programa de Integração Social) aos trabalhadores com direito a saque do benefício no exercício 2013/2014. Até 30 de junho de 2014, data de encerramento do novo exercício, 19,4 milhões de trabalhadores terão direito ao abono salarial, e mais de 26,5 milhões poderão receber os rendimentos do PIS.

O benefício está disponível para trabalhadores que possuem conta corrente ou  poupança na Caixa. Segundo o banco, empresas conveniadas ao Caixa PIS-Empresa creditam o benefício diretamente na folha de pagamento dos meses de julho ou agosto. Os demais beneficiários poderão sacar os abonos e rendimentos do PIS a partir de 13 de agosto, conforme calendário de pagamento, ordenado pelo mês de nascimento do trabalhador. Os benefícios ficarão disponíveis até 30 de junho de 2014.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...