.

.

Info Comerciário 194/2019

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Fecomerciários oficializa filiação a UGT

MOTTA e Patah (UGT)
A Federação dos Empregados no Comércio do Estado de São Paulo (Fecomerciários) oficializará sua filiação a União Geral dos Trabalhadores (UGT). O evento acontece nessa quinta-feira (13) no Espaço Rosa Rosarum, localizado na rua Francisco Leitão, 416, em Pinheiros, na capital paulista, e contará com a presença de sindicalistas, trabalhadores, parlamentares e militantes do setor comerciário e de diversas categorias profissionais.

Segundo Ricardo Patah, presidente nacional da UGT, esta filiação é importante para o fortalecimento das ações que a central promove em benefício da categoria comerciária. “Todas as filiações a UGT são importantes e ampliam as ações ugetistas por um sindicalismo ético, inovador e democrático. Em especial esta, com a Fecomerciários, é fundamental para solidificar a união dos trabalhadores e trabalhadoras do comércio numa só central, o que amplia a representação de base e promove avanços formidáveis em relação as bandeiras de luta do setor,” explica o sindicalista.

Com a chegada da Federação, a UGT, que já era a central brasileira que tinha o maior número de sindicatos de comerciários filiados, esse quadro é ampliado e a central passa a representar mais quatro milhões de trabalhadores e trabalhadoras do comercio.

Para Luiz Carlos MOTTA, presidente da Fecomerciários, esta união é um sonho antigo onde a categoria ganha, e muito, com o poder de mobilização, o que é fundamental na hora de exigir melhorias trabalhistas. “A UGT teve um papel importante no processo de regulamentação da nossa profissão porque é a central que mais agrega entidades que representam os comerciários. Com a nossa filiação, estamos ampliando essas ações e reunindo todos numa única instituição, que hoje já pode ser considerada a maior central sindical de comerciários do Brasil,” diz.

Junto com a filiação da Fecomerciários, mais de 60 sindicatos de comerciários do Estado de São Paulo também se uniram a UGT e a luta pela melhoria das condições de trabalho dos profissionais do comércio do Brasil. “Se 2013 foi um ano histórico para o setor com a regulamentação da profissão, 2014 ficará marcado pelo avanço nas nossas bandeiras de luta, pelas nossas conquistas, pela união e pelo fortalecimento das nossas ações em prol deste que é um dos setores mais importantes para a economia do país,” finaliza MOTTA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...